Pular para a barra de ferramentas

Rinoplastia

O que é a Rinoplastia?

A Rinoplastia ou cirurgia plástica do nariz é considerada uma das mais nobres cirurgias da especialidade por ser aquela que requer grande sensibilidade e conhecimento anatômico por parte do cirurgião; estar no centro da face e portanto sempre muito visível ; e geralmente por estar associada a traumas e desconfortos psicológicos por parte do paciente. Seu resultado pode modificar todo um perfil psíquico deixando o paciente com maior auto-estima e consequentemente com maior sociabilidade.

Várias são as alterações que poderão ser tratadas em um nariz: dorso, ponta, septo, implantação das narinas e base – cada uma delas com suas vantagens e limitações.

O dorso poderá apresentar gibas (excessos) ósseos e/ou cartilaginosos; a ponta, globosa ou caída; o septo, desviado ou não; e as narinas com boa ou má implantação são exemplos dos diversos tipos de narizes que encontramos e podemos melhorar. No entanto, estamos cientes que em cirurgia não podemos assegurar o resultado final pois dependeríamos para isso ter controle sobre a cicatrização, o tipo de pele e as características ósseas e genéticas de cada paciente – o que é inviável. Desta forma , é importante que se tenha em mente as limitações que o cirurgião encontra para alcançar o resultado desejado.

Normalmente, a incisão é feita dentro do nariz (não aparecendo portanto a cicatriz) exceto em casos mais complexos. A anestesia poderá ser geral ou local dependendo do que se irá trabalhar; do desejo e grau de ansiedade da paciente; e das preferências do cirurgião e anestesista.

O resultado final só poderá ser avaliado após o 6º mês de pós-operatório.

Cuidados Pré Operatórios

  • É aconselhável que cesse o fumo por pelo menos quatro semanas antes da cirurgia.
  • Algumas drogas como anti-inflamatórios, os derivados do ácido acetil-salicílico (AAS®, Aspirina®, Doril®, Alka-seltzer®, entre outras) e anticoagulantes, alteram a coagulação sanguínea e devem ser evitados no pré-operatório por no mínimo dois semanas. Quaisquer outros medicamentos devem ser comunicados ao médico previamente.
  • Acnes, processos inflamatórios ou dermatites intensas (muito comum abaixo de mamas mais volumosas) devem ser tratadas previamente e a cirurgia só deverá ser realizada após o tratamento.
  • Um regime alimentar ou mesmo um tratamento endocrinológico é importantíssimo antes dos procedimentos cirúrgicos para as pacientes que estão acima do seu peso ideal.
  • Alguns exames como hemograma e o coagulograma são solicitados para que o médico possa conhecer melhor o organismo da paciente para que o medico se prepare melhor.
  • É necessário um período de 8 (oito) horas de jejum para a realização do procedimento cirúrgico

Cuidados Pós Operatórios

  • Mantenha-se esguia, com os ombros relaxados e a coluna ereta; e, nos primeiros dias de pós-operatório com os braços junto ao tronco.
  • Para dormir ou relaxar a melhor posição é o decúbito dorsal (barriga para cima), o que não impede o decúbito lateral desde que as mamas não sejam diretamente apoiadas.
  • Além de todos os efeitos maléficos conhecidos sobre a exposição solar tanto o sol quanto o calor edemaciam muito as mamas e aumentam o risco de sangramento.
  • Para ginástica ou para se carregar pesos, o ideal é que se evite por um período de três meses. Atividades profissionais leves poderão ser retornadas após a 3ª semana; as demais após 30 dias. Relações sexuais só alteram o pós-operatório quando as mamas são manipuladas ou apoiadas.
  • Embora exista sutiens feitos exclusivamente para a cirurgia plástica, o ideal é o liso; sem muitos detalhes, rendas, barbatanas ou costuras.Consulte seu médico com relação ao número a comprar.
  • Após o 3° dia poderá ser normal sem muita manipulação no local da cirurgia, no entanto nos primeiros dias o ideal é que a mama não seja diretamente molhada. Consulte seu cirurgião e pergunte a ele o ideal para o seu caso.
  • A drenagem linfática é um procedimento muito útil, mas só poderá ser realizada por uma pessoa especializada.
  • A massagem na cicatriz e a fita de micropore ambos muito utilizados na hora certa e por um determinado tempo (certifique-se com seu médico).