Pular para a barra de ferramentas

Blefaroplastia

Blefaroplastia

Fatores como: idade, textura da pele, distúrbios da acuidade visual, problemas emocionais, etc., poderão deixar como conseqüência sua marca no território das pálpebras. Assim é que, quando você é examinado (a) pelo cirurgião plástico, este estará fazendo uma análise profunda, para intervir somente naqueles setores que possam se beneficiar como a cirurgia.

Muitas vezes o problema estético das pálpebras é devido a fatores clínicos e não está indicada qualquer cirurgia (olheiras, edemas, etc.). Outras vezes, os problemas clínicos estão associados ao cirúrgico e, mesmo que se opere devidamente as pálpebras, ainda assim persistirá um percentual do defeito original, decorrente do distúrbio clínico associado.

Cuidados Pré Operatórios

  • Comunicar qualquer anormalidade que possa lhe ocorrer, quanto ao seu estado geral até a véspera da internação.
  • Não fazer maquiagem no dia da internação.
  • Trazer óculos escuros.
  • Na eventualidade de se internar no mesmo dia da operação, vá em jejum de 8 (oito) horas
  • Compareça acompanhado (a) para a internação.

Cuidados Pós Operatórios

  • Aplique compressas com soro gelado (gazinha embebida em soro gelado), durante 15 minutos, nos 2 primeiros dias.
  • Alimentação livre.
  • Cabeceira elevada.
  • Usar óculos escuros quando se expuser à luz natural.
  • Evitar sol e o calor.
  • Banho normal após o retorno.
  • Não apoiar as regiões operadas ao dormir.
  • Atividades físicas somente após 30 dias.
  • Volte ao consultório para curativo e revisão nos dias estipulados.
  • Evite fumar nos 30 primeniros dias de pós-operatório.
  • Não traumatize nem “coce” os olhos.